Artigos

O SALMO DA ESCOLA DOMINICAL



O SALMO DA ESCOLA DOMINICAL

Acróstico  

Ensina-me, ó Senhor, o caminho dos teus estatutos e guardá-lo-ei até o fim. (Sl. 119.33)

Se a tua lei não fora toda a minha recreação, há muito que pereceria na minha aflição. (Sl. 119.92)

Companheiro sou de todos os que te temem e dos que guardam os teus preceitos. (Sl. 119.63)

Oh! Quanto amo a tua lei, é a minha meditação em todo o dia. (Sl. 119.97)

Lembrei-me do teu nome, ó Senhor, de noite, e observei a tua lei. (Sl. 119.55)

A tua palavra é muito pura, portanto, o teu servo a ama. (Sl. 119.140)

 

Desviei os meus pés de todo o caminho mau, para guardar a tua palavra. (Sl. 119.101)

Os meus lábios proferiram louvor, quando me ensinaste os teus estatutos. (Sl. 119.171)

Meditarei nos teus preceitos, e terei respeito aos teus caminhos. (Sl. 119.15)

Inclinarei o meu coração a guardar os teus estatutos, para sempre, até o fim. (Sl. 119.112)

Nunca me esquecerei dos teus preceitos, pois por eles me tens vivificado. (Sl. 119.93)

Isto fiz eu, porque guardei os teus mandamentos. (Sl. 119.56)

Como purificará o jovem o seu caminho? Observando-o, conforme a tua palavra. (Sl. 119.9)

Assim, observarei de continuo a tua lei para sempre e eternamente. (Sl. 119.44)

Lâmpada para os meus pés é a tua palavra e luz para o meu caminho. (Sl. 119.105)

Ananias Rocha  


Confira mais artigos


Copyright © 2012 - Programa de Educação Cristã Continuada. Todos os direitos reservados